Plasma de Argônio

Promove a redução do diâmetro da anastomose trazendo novamente a saciedade alimentar

Procedimentos

O que é Plasma de Argônio (APC)?

É um procedimento que promove a cauterização da nova ligação entre o estômago, que passou por cirurgia bariátrica, e o intestino delgado, realizado com o gás argônio. Caso o paciente volte a ganhar peso após a cirurgia bariátrica, essa nova ligação (anastomose) acabará tendo alargamento e esse procedimento promoverá a redução do diâmetro, fazendo com que o paciente tenha novamente a sensação de saciedade, e consequentemente volte a perder peso.

Como é o procedimento?

O procedimento começa com a sedação venosa. Em seguida, através da endoscopia digestiva, é aplicado o gás de argônio na anastomose, causando a sua cauterização, fazendo com que haja uma redução em seu tamanho.

O procedimento requer em média 3 sessões, com intervalos entre 1 mês e meio a 2 meses e dura em torno de 15 a 30 minutos cada sessão, sendo o paciente liberado após 1 ou 2 horas.

Para quem o procedimento é indicado?

Esse procedimento é indicado para pacientes que passaram pela cirurgia bariátrica (Bypass) e tornaram a ganhar peso após a cirurgia.

Vou sentir algum desconforto após o procedimento?

Normalmente após a primeira sessão o paciente pode sentir dor, algo se assemelha a uma gastrite. O sintoma pode permanecer por 2 ou 3 dias, mas é minimizado com os medicamentos prescritos.

Acompanhamento Nutricional

O acompanhamento nutricional se faz necessário após o procedimento para que o paciente tenha uma reeducação alimentar e, após o procedimento, não venha a ganhar peso novamente.

Acompanhamento Psicológico

O acompanhamento psicológico se faz necessário, pois é sabido que pacientes acima do peso tem tendências à compulsividade e, dessa forma, a terapia psicológica auxilia no controle da patologia.

criação de site